Não é novidade que empresas terceirizem recursos de TI visando garantir que suas informações estejam sempre disponíveis e seguras. Mas e quanto às instalações de tais companhias? Estão preparadas para imprevistos? Para garantir continuidade operacional mesmo em situações críticas, muitas empresas têm buscado soluções de contingência. A tendência demonstra uma preocupação mais ampla por parte das corporações, tocando não somente seus dados, mas também seu fluxo de trabalho.

“Toda companhia está exposta a eventualidades, de ordem natural, operacional ou até lógica. Percalços de qualquer espécie podem acarretar na perda de fluidez dos negócios de uma empresa”, afirma Eber Lacerda Junior, VP de Operações da Matrix. “Pensando nisto, desenvolvemos uma solução sob medida para as companhias que se preocupam em resguardar sua rotina”, complementa o executivo.

“São vários os riscos a que uma empresa pode estar exposta, desde a simples interrupção de serviços essenciais até catástrofes naturais – como incêndios, raios, chuvas fortes e enchentes. Há que se considerar ainda a possibilidade de impedimentos no acesso ao local de trabalho, causados por bloqueios de trânsito, acidentes, manifestações, entre outros. A estrutura de contingência que disponibilizamos ao cliente se torna uma verdadeira extensão de sua sede, com a vantagem adicional de estar em um ambiente totalmente seguro, com redundância lógica, sistema de refrigeração e fornecimento de energia elétrica ininterruptos”, explica Lacerda Junior.

A Matrix possui diversos planos e modalidades em sua Sala de Contingência, a fim de atender perfeitamente às necessidades distintas de seus clientes. “Nossa intenção é fazer com que os usuários deste serviço se sintam seguros dentro de nossa estrutura, como se estivessem em sua própria empresa”, finaliza o VP.

Gostou? Compartilhe na sua rede social!