Ir para o conteúdo

Dicas e dificuldades para contratação de profissionais de TI

Duas profissões que estão em alta, uma pode depender da outra, mas também podem ter dificuldades uma com a outra. A quais áreas estou me referindo? Recursos Humanos e Tecnologia da Informação, as famosas RH e TI. Por que elas são co-dependentes? Porque em geral, quem contrata o TI é o RH da empresa, mas nem sempre é fácil encontrar o perfil ou a vaga ideal. Ou seja, para preencher as vagas na área de tecnologia, que estão abertas e tendem a aumentar, é necessário informar precisamente do que o profissional precisa e do que a empresa precisa. Assim, o acordo entre as duas partes tem chance de dar ainda mais certo e ambas ficarem satisfeitas. 

Uma das maiores dificuldades de contratação do TI está no baixo nível de mão-de-obra qualificada e na alta disponibilidade de vagas. Dessa forma, a competitividade entre os poucos profissionais qualificados no mercado aumenta. No entanto, nem sempre eles têm o perfil para a empresa que está em processo de contratação. 

Abaixo, destacamos oito desafios que se apresentam tanto para a empresa quanto para os profissionais da área, para te ajudar a entender todo o processo. Assim, você pode ficar atento a essas dicas para a próxima vaga que surgir.  

1. Técnica aliada à análise e estratégia

Estes são, basicamente, os requisitos para contratação dos profissionais de TI. Por ser uma área em expansão, principalmente após a pandemia de Covid-19, e com o crescente aumento de ciberataques em setores da educação e da saúde, por exemplo, é imprescindível que estes profissionais saibam fazer seu trabalho de forma técnica, mas também entendam o impacto das ações de TI para o negócio em que irá trabalhar. 

2. Três cargos mais demandados

Segurança da informação, desenvolvedor de softwares e programador de softwares. Embora as necessidades sejam variadas de acordo com a cultura e características de cada região, estes três são os cargos que mais precisam de atenção. Afinal, o aumento do número de sequestro de dados coloca em risco informações preciosas da empresa, que precisam ser preservadas. É quando entra em cena o técnico da informação que poderá usar seus conhecimentos para proteger os dados da empresa e de seus colaboradores. A criação constante de novos serviços e produtos, faz do desenvolvedor um dos profissionais mais procurados do setor. Já o programador é altamente procurado no mercado de trabalho e a disputa entre os profissionais que já existem é, de fato, acirrada.     

3. Qualificação profissional

Os candidatos qualificados ou são contratados rapidamente ou ponderam entre diversas vagas e escolhem a que melhor equilibrar suas expectativas de vida pessoal ou profissional. Também existe o fato de que a área de tecnologia ainda é relativamente nova no mercado. Ou seja, a tecnologia avança e novas habilidades são esperadas destes profissionais que precisam estar sempre muito bem atualizados. E este é um grande desafio, porque nem sempre é possível acompanhar as demandas do trabalho e estar totalmente em dia com as novidades que são cada vez mais crescentes na área.   

4. Investimentos em aperfeiçoamento 

Uma coisa está ligada a outra. A tecnologia avança e o profissional de TI precisa estar a par das inovações. Isso é um fato que pode custar alto para a empresa, pois ela contrata um profissional hoje, sem saber quais serão as técnicas que ele precisará dominar em um futuro não muito distante. Porém, se a empresa não investir no crescimento do próprio colaborador, não conseguirá incentivá-lo a ficar e precisará começar do zero o processo de contratação de um novo profissional. Além disso, possivelmente ficará na retaguarda da inovação e da tecnologia. Apesar de parecer uma ação impensada, investir no treinamento e no desenvolvimento destes profissionais é um custo que pode fazer a diferença para a empresa e para o funcionário, pois ambos ficarão mais satisfeitos por estarem alinhados ao seu tempo. 

5. Expectativa vs. Realidade

Pode acontecer de a expectativa da empresa em relação a vaga não ser muito bem descrita na hora de anunciá-la. Isso pode fazer com que profissionais de perfis diferentes se candidatem para uma área que não necessariamente é sua expertise dentro do mercado de TI. É sempre importante que o setor de RH trabalhe em conjunto com o gestor da área de TI, para que sejam solicitadas as expectativas certeiras para o perfil da vaga. 

6. #WFH

Se antes da pandemia já existia o movimento #WorkFromHome, após a pandemia de Covid-19 ele só ganhou força e pode ser uma das exigências do profissional do setor.  Também, pudera, com tanta demanda para o profissional, há que se entender que é muito mais prático ele poder trabalhar de casa e perder menos tempo com trânsito ou outras distrações. Flexibilidade é uma característica importante da vaga, tanto para o local de trabalho quanto para as horas realizadas. Um dress code mais informal que paletó também pode estar presente no perfil deste candidato. Disponibilizar e incentivar o uso de novas tecnologias são ferramentas necessárias para que eles tenham um bom desenvolvimento profissional e desempenho no cargo. 

7. Agilidade na contratação

Esta é uma característica essencial para o RH na hora de contratar os profissionais de TI. Isso porque se o recrutamento demorar muito, as chances de o profissional escolher outra vaga é maior, e é necessário lembrar da escassez de mão-de-obra qualificada no mercado. 

8. Retenção de talentos

Se contratar já é um desafio, reter o profissional também é outro grande desafio. É importante contratar o perfil ideal e conseguir mantê-lo na empresa de forma que esteja satisfeito e alinhado com o objetivo estratégico de ambos. Engajar, motivar e oferecer os recursos necessários para que eles se sintam valorizados em seu local de trabalho são ações imprescindíveis da área de RH para a área de TI. 

O avanço da tecnologia é inegável e, com ele, aumenta o número de empreendimentos que precisam se desenvolver digitalmente. Para tanto, necessitam contar com o trabalho dos profissionais da tecnologia da informação que são avaliados por suas competências e habilidades, além do conhecimento técnico. 

Apesar de alguns desafios, é possível oferecer uma vaga que deixe satisfeitos colaborador e empresa, basta alinhar as expectativas e reconhecer o esforço de ambos, para que o acordo seja cumprido de forma harmônica. 

A Matrix Hybrid IT tem uma equipe de profissionais qualificados que podem te ajudar e suprir a demanda de TI da sua empresa. Entre em contato conosco: https://matrix.com.br/entre-em-contato/ 


Renato Minutti
Gerente de Produtos

Compartilhe